Logotipo Charutos.com  
Home   |    Ranking    |   Blog    |   Login


Avaliações de Cesar Adames

Cesar é especialista em charutos e bebidas, já foi jurado no concurso Habano Sommelier em Cuba e é considerado um dos maiores conhecedores de charutos do Brasil. Confira abaixo suas avaliações: (Instagram: @cesaradames)


Romeu e Julieta Churchill Anejados 2018
O Churchill da marca Romeo y Julieta é um clássico neste formato. Na sua versão añejada está excelente. De todos Habanos añejados colocados no mercado com certeza é o melhor que provei até agora. Nota: 9.90

Hoyo Primaveras (Ano do Boi)
Um charuto que foi lançado para comemorar o Ano do Boi no calendário Chines. Muito bem construído, fluxo perfeito e cinza uniforme, o blend segue o estilo da marca, mais suave. Tudo perfeito a não ser o preço que está muito fora do padrão da marca, mas isso se chama exclusividade, quantidade limitada e caixa diferenciada.   Nota: 9.70

Trinidad Vigia
Começou com a queima um pouco irregular mas corrigiu sozinho, fluxo muito bom e potencia média para forte. Uma ótima opção para quem gosta de charutos um pouco mais curtos Nota: 9.60

H. Upmann Robusto Anejados 2016
Uma excelente opção de degustar um charuto anejado por mais de 7 anos. Capa castanho claro, fluxo excelente com cinza consistente que se manteve até a metade. Nota: 9.50

Cohiba Medio Siglo
O pequeno notável da linha Cohiba. Excelente construção e cinza consistente nos três terços. Otimo para acompanhar um bom café. Nota: 9.50

Bolivar Belicosos Finos
Talvez o charuto cubano mais forte de todas marcas e bitolas. O blend potente do Bolivar e o seu formato que permite o corte mais curto com concentração da fumaça faz com que ele fique bem mais forte que o usual. Este exemplar estava com muito bom fluxo e cinza consistente. Nota: 9.50

Montecristo Linea 1935 Dumas
Apesar de fazer parte de uma trilogia relativamente nova mostra que está se tornando um clássico. Boa construção, fluxo muito bom para um charuto fabricado em março de 2020. Cinza compacta e sabor de médio a forte. Nota: 9.50

Partagas Serie D No. 6 (D6)
O pequeno notável. Para mim uma versão menor do clássico Partagas Serie D N.4, ideal para quem tem pouco tempo e quer um charuto mais encorpado. Construção excelente, fluxo muito bom com notas amadeiradas e de couro. Nota: 9.50

Arturo Fuente Opus X Oxo Oro Oscuro Robusto
Os charutos Opus X são uma verdadeira lenda no mercado pela sua história e qualidade. O Opus X Oro que utiliza uma capa Rosado vai um pouco além. Ótima queima, cinza e consistência. Quase hora e meia de puro deleite. Nota: 9.50

Bolivar Libertador
Se você gosta de força e potência este é o charuto. Uma fumada de mais de hora e meia com a potência tradicional da marca Bolivar. Nota: 9.50

H. Upmann Royal Robusto
Sabor suave a médio com cinza consistente e uniforme do começo ao final. Fluxo levemente apertado. Um ótimo charuto para quem está entrando no mundo dos Habanos. Nota: 9.50

Bolivar Royal Corona
Um dos meus Robustos preferidos. A marca Bolivar é uma das que tem a maior foraleza no portfolio dos charutos cubanos. Queima uniforme, cinza compacta e fluxo muito bom. Nota: 9.50

Vegafina Vintage 1998 40
Uma grande edição da Tabacalera de Garcia está Edição Limitada foi vendida em caixas com 16 charutos, VegaFina Vintage 1998 40 e VejaFina Vintage 1998 42. Experimentei os dois na sequencia e gostei demais. Excelente qualidade, fluxo muito bom, cinza consistente nos três terços. A única diferença que encontrei entre eles é que o 40 por ter diâmetro um pouco menor me pareceu um pouco mais saboroso do que o 42. Charutos que vão deixar lembrança quando acabarem. Nota: 9.40

Joya de Nicaragua Cuatro Cinco Toro
Esta edição foi lançada para comemorar os 45 anos da empresa, A Capa é Nicaragua Escura, capote dominicano e miolo das regiões de Esteli e Jalapa na Nicarágua com 5 anos de maturação e mais um ano em barris de Carvalho. Cinza perfeita e gosto forte. Uma hora e meia de boas baforadas Nota: 9.40

Don Blend Blacking Medio Tiempo
Este charuto leva folhas de Medio Tiempo que ficam no topo da planta de tabaco. Isso faz com que seu sabor fique mais encorpado que os charutos da linha tradicional. Bem complexo, queima regular e cinza consistente. Para quem gosta de charutos fortes. Nota: 9.40

Montecristo Dantes Ed. Ltda. 2016
Edição Limitada de 2016 com capa castanho escuro tem tabaco de no mínimo 2 anos. Fluxo excelente e sabor muito equilibrado pelos 4 anos de envelhecimento na caixa. Uma grande oportunidade de degustar um tabaco anejado. Nota: 9.40

Romeu e Julieta Wide Churchill
Fiz uma degustação dupla com o Wide Churchill (13 cm x 2,18 cm) e o Short Churchill (12,7 cm x 1,98 cm). Em termos de sabor e tempo de degustação os dois empataram. O Wide Churchill por ter um diâmetro maior apresentou um fluxo mais aberto que o Short mas sem prejuízo para o segundo. Recomendo a experiência. Nota: 9.40

Montecristo Supremos Ed. Ltda 2019
O charuto que degustei foi produzido em Dezembro de 2020 segundo o código da caixa. Fiquei surpreso com a qualidade por ser tão jovem, queima regular, cinza consistente e bastante saboroso. Se puder deixar guardado por mais um tempo com certeza vai melhorar muito mais. Nota: 9.40

Vegafina Vintage 1998 42
Uma grande edição da Tabacalera de Garcia está Edição Limitada foi vendida em caixas com 16 charutos, VegaFina Vintage 1998 40 e VejaFina Vintage 1998 42. Experimentei os dois na sequencia e gostei demais. Excelente qualidade, fluxo muito bom, cinza consistente nos três terços. A única diferença que encontrei entre eles é que o 40 por ter diâmetro um pouco menor me pareceu um pouco mais saboroso do que o 42. Charutos que vão deixar lembrança quando acabarem. Nota: 9.30

GOTF JJ
Uma boa opção de Tabaco nicaraguense produzido pela Aganorsa. A empresa se especializou por produzir folhas de tabaco de excelente qualidade que está representada neste charuto. Construção perfeita, fluxo muito bom e cinza consistência. Sabor de médio a forte. Nota: 9.30

Gurkha Cellar Reserve Ed. Limitada 15 Anos Solara Double Robusto
Este é um dos charutos mais interessantes da linha Gurkha disponíveis no Brasil. Ele tem folhas de 15 no seu miolo, capote Olor Dominicano e Capa Arapiraca que dá um equilíbrio para o blend. Também é interessante dizer que este double figurado tem acabamento rabo de porco. Um charuto que vale a pena experimentar. Nota: 9.30

El Rey del Mundo Serie B No. 2 Brasil
Esta edição regional da marca El Rey del Mundo elaborada com exclusividade para o Brasil ficou muito boa. Charuto com ótimo fluxo e cinza consistente. Boa evolução nos três terços. Sabor de  suave a médio. Pode ganhar um pouco de complexidade se deixado no umidor por mais um tempo. Nota: 9.30

Oliva Serie V Melanio Toro Grandele Le 2020
Edição limitada da marca que tem por característica uma qualidade excelente. Charuto com queima super regular e cinza consistente, boa evolução nos três terços. Esta edição Limitada tem um blend mais suave que a linha tradicional. Nota: 9.30

Mombacho Tierra Volcan Corto
A marca Mombacho é produzida na cidade de Granada na Nicaragua, por ser uma fabrica butique sua produção é feita em pequena escala. Com 100% de tabaco nicaraguense o Tierra Volcan Corto é um charuto muito bom, queima regular, cinza uniforme e tempo de fumada muito maior que outro charutos no mesmo formato. Nota: 9.30

Oliva Serie V Lancero
Este formato Panatela Larga está cada vez mais difícil de encontrar. Na sua elaboração é necessário colocar um pouco mais de força no torcido que acaba deixando o charuto mais compactado e com fluxo comprometido. Não é o caso deste Oliva que teve um fluxo excelente em todos terços do charuto. Otima evolução de sabor. Nota: 9.30

Leite e Alves Entreacto
Este charuto tem 12 cm de comprimento e 1 cm de diâmetro e é feito manualmente com folhas inteiras. Pelo seu diâmetro é muito difícil de enrolar e mesmo assim estava excelente com fluxo muito bom. Apesar do tamanho rendeu 45 minutos de boas baforadas. Vale a pena experimentar Nota: 9.30

Montecristo Media Corona
Este charuto foi uma grande surpresa quando fumei pela primeira vez. Deveria ser de sabor mediano mas tem uma pegada um pouco mais forte. Excelente fumada para quem tem pouco tempo. Nota: 9.30

Romeu e Julieta Petit Churchill
Queima regular e fluxo muito bom. Um habano de sabor médio que pode ser uma excelente opção para quem gosta de tabacos mais grossos e dispõe de pouco tempo. Nota: 9.30

Partagas Maduro No. 3
O Partagas Maduro No.1 Cigar faz parte da trilogia 1,2 e 3 lançada recentemente na linha Partagas tem em sua capa escura seu diferencial. Este Robusto Extra para mim é o melhor dos três, queima e fluxo muito bons e sabor forte como se espera. Nota: 9.30

Perceverancia Serie Artesano Gran Habano 60
Atualmente o  charuto com maior cepo (diâmetro) a venda no mercado nacional (2,38). Surpreendeu por sua construção, normalmente charutos grandes demais nem sempre queimam e tem fluxo tão regulares quanto esse. Queima regular e consistente por mais de duas horas de fumada. Nota: 9.20

Flor De La Vega Morenos Gigantes
O maior charuto a venda no Brasil atualmente. Com 23,5 cm de comprimento pode durar de 2h30 a 3h de boas baforadas. Boa construção e cinza consistente. Só no último terço que o amargor foi mais presente. Nota: 9.20

Diogenes Puentes Premium Patricias Arapiraca
Degustei os dois Patricias ao mesmo tempo o de Capa Cubra (tradicional) e o Patricias com capa Arapiraca. Os dois tiveram queima regular e a cinza se manteve até o segundo terço. Uma boa opção para quem tem pouco tempo. Como o blend é o mesmo a diferença é a capa Arapiraca que para mim deu um up no sabor final. Nota: 9.20

Flor De La Vega Lanceros
Uma boa opção para quem quer experimentar um charuto na formato panatela larga com 19 cm de comprimento. Por ser mais fino no diâmetro sua construção tem que ser muito bem feita. Apresentou sabor médio com fluxo regular e cinza se mantendo por quase 3 cm. Nota: 9.20

H. Upmann Magnum 50
Um clássico da marca H.Upmann, queima perfeita e uniforme. Fluxo muito bom que se manteve nos três terços, apesar de ser classificado como suave apresentou uma potência um pouco maior do que os demais charutos de linha. Nota: 9.20

Gurkha Cellar Reserve Ed. Especial 18 Anos Hedonism Grand Rothchild
Um dos grandes charutos produzidos pela marca, com capa castanho escura é um double figurado, charuto que tem as duas pontas afuniladas. A parte onde fazemos o corte tem o acabamento no estilo rabo de porco. Fluxo muito bom com cinza consistente durando até o terceiro terço. Nota: 9.20

Vegafina Magnum Ometepe Ed. Ltda.
Produzido com tabaco que vem da região de Ometepe na Nicaragua este charuto é bem diferente do resto da linha que tem fortaleza de suave a média. Esta edição é mais encorpada com capa de cor castanho, fluxo muito bom é ótima construção. Nota: 9.20

Partagas Maduro No. 2
Um figurado maduro de Partagas. Este charuto faz parte de uma das últimas linhas lançadas pela marca que ainda tem o Maduro No. 1 e Maduro No. 3. Capa escura com fluxo muito bom. Para quem gosta de charutos mais encorpados. Nota: 9.10

Arturo Fuente Rosado Magnum R52
Um dos grandes charutos produzidos pela Arturo Fuente. Fluxo muito bom e capa castanho. É uma boa opção para quem quer conhecer um excelente charuto da República Dominicana. Nota: 9.10

Vegafina 1998 52
Produzido pela Tabacalera de Garcia na República Dominicana a linha 1998 tem tabaco com mais de quatro anos de envelhecimento. Tive a oportunidade de degustar os três formatos, 50, 52 e 54 e fiquei impressionado com a qualidade da construção e sabor dos três, todos muito bem equilibrados com cinza consistente e sabor muito equilibrado. Nota: 9.10

Partagas Maduro No. 1
O Partagas Maduro No.1 Cigar faz parte da trilogia 1,2 e 3 lançada recentemente na linha Partagas tem em sua capa escura seu diferencial. Ela dá um toque diferenciado ao sabor intensificando seu sabor e aroma, queima perfeita por anéis com muito couro e madeira. Nota: 9.10

Don Fernando Nicaragua Boss Gran Torpedo
Charuto produzido com tabacos envelhecidos que apresenta um sabor muito equilibrado, muito bom para quem está iniciando. O fluxo e a cinza foram muito bem  indo até quase metade do charuto. Nota: 9.10

Montecristo Open Master
Uma boa opção para quem quer conhecer a linha de charutos Montecristo. A linha Open foi criada com uma ligada um pouco mais suave que a linha tradicional. O charuto que degustei tinha seis meses de fabricação e estava muito bem construído com cinza compacta e constante. Nota: 9.00

Gran Honduras Azteca Aguilas
Capa Maduro e queima regular com cinza consistente. No primeiro terço se mostrou sem muita personalidade mas conforme foi entrando no segundo e terceiro terço ficou muito melhor, toque amadeirado e presença marcante. Nota: 9.00

Vegafina Fortaleza 2 Robusto
Boa construção, fluxo regular, cinza consistente. Boa opção custo x beneficio. Nota: 9.00

Trinidad Reyes
Uma boa opção de entrada para a linha Trinidad. Boa construção, fluxo e cinza, combustão uniforme. Bom para acompanhar um café numa fumada mais rápida. Nota: 9.00

Pichardo Classico Toro
Uma grande surpresa que vem ganhando cada vez mais apreciadores. A marca Pichardo é produzida na Nicaragua pelo antigo proprietário da marca Siboney aqui no Brasil. Fluxo muito bom, cinza consistente e evolução dos três terços bem equilibrada. Vale a pena experimentar os outros charutos da marca. Nota: 9.00

Montecristo No. 4
Esse é o charuto que deveria ser o primeiro a ser degustado por todos quando entramos no mundo dos charutos cubanos. Um Petit Corona clássico com fluxo muito bom e cinza persistente. Ótima evolução entre os três terços. Nota: 9.00

Hoyo de Monterrey Epicure No. 2
Um dos clássicos cubanos, ideal para que está começando a degustar charutos cubanos. Capa castanho claro, cinza grafite claro e muito consistente. Fluxo muito bom e queima regular proporcionaram uma boa fumada. Nota: 9.00

Don Blend Reserva Exclusivos
Para mim bastante suave comparando com o restante da linha Don Blend por conta do tabaco envelhecido por três anos. Construção e queima muito boas. Pode ser uma boa opção para quem quer iniciar nos charutos da marca. Nota: 9.00

Bolivar Corona Junior
A marca Bolivar é uma das minhas preferidas, é uma das mais fortes no bitolario da Habanos S.A. e este Corona Junior é o charuto de entrada para quem quer sentir a potencia de seu blend. Uma excelente fumada com um café. Nota: 9.00

CAO Pilon Robusto
Muito boa construção, queima regular com cinza uniforme. O nome Pilon vem da pilha de fermentação que ao invés de ser retangular é redonda. Isso faz com que a fermentação seja mais lenda reduzindo ainda mais os teores de nicotina e alcatrão. Nota: 9.00

Mombacho Liga Maestro Pequeno
O Mombacho é um charuto muito interessante, único a ser produzido na cidade de Granada na Nicarágua. Tinha ficado um tempo fora do mercado e agora retornou. Este Pequeno é uma boa opção para acompanhar um café, queima regular, cinza consistente, notas de couro e madeira. Nota: 9.00

Dannemann Torpedo 52 Ed. Ltda.
Um grande charuto produzido pela Dannemann, elaborado com um blend de folhas das safras 2003, 2006 e 2011 e capa clara Santo Antonio. Muito equilibrado e suave por conta dos tabacos antigos utilizados em sua confecção. Talvez seja o Torpedo mais suave do Brasil, ótimo para quem quer conhecer este formato. Nota: 9.00

Dona Flor Piramide Claro
Um dos melhores charutos da linha Dona Flor na minha opinião. Capa cor castanho claro com excelente fluxo, a cinza se manteve uniforme no primeiro e segundo terço. A construção foi muito bem feita pois quando a cinza caiu formou o cone de construção. Nota: 9.00

Vegafina Year Of The Rat
Esta edição especial no formato Toro tem uma capa bem oleosa, acabamento com um rabo de porco mais longo e um aroma a frio que lembra chocolate. Quando aceso os três terços estão bem definidos e o charuto ganha potencia até chegar ao final com toques de pimenta preta. Nota: 9.00

Don Diego Aniversario Belicoso
Queima regular, cinza consistente esta adição de aniversário tem um blend mais encorpado que a linha tradicional. Nota: 8.90

Perdomo Limited Cameroon Edition
Uma ótima oportunidade de experimentar um charuto com capa Cameron que aporta um sabor equilibrado ao tabaco nicaraguense utilizado no blend. Charuto muito equilibrado e de tiro curto para quem tem pouco tempo. Nota: 8.90

Flor de Oliva Robusto Maduro
Este é o charuto de entrada produzido pela Oliva na Nicaragua. A capa Connecticut Broadleaf escura dá um sabor diferenciado e sua construção uniforme é uma ótima opção pelo custo x beneficio. Nota: 8.90

Tatuaje Noellas
Capa rustica com primeiro terço um pouco apertado com muita madeira e sabor amadeirado. Pimenta, couro também presente neste charuto que busca seguir o estilo cubano de fazer charutos. Nota: 8.80

Gran Honduras La Conquista Robusto
Produzido em Honduras este charuto tem um blend de três países, nicaragua, costa-rica e colombia. O resultado funciona muito bem, construção muito boa que mantem a cinza até quase a metade do charuto. Em boca um toque amadeirado que ganha destaque pela sua apresentação envolta em cedro. Nota: 8.70

Vegafina Fortaleza 2 Short Belicoso
Formato interessante e blend mais encorpado que a linha tradicional. Queima regular com toque de madeira e couro. Nota: 8.70

Don Blend Divo San Andrés Maduro
Boa construção, mais apertado que a linha tradicional, cinza consistente a capa maduro dá um leve toque adocicado ao charuto. Nota: 8.70

Macanudo Inspirado Black Robusto
A capa Connecticut Broadleaf traz um adocicado para a folha de capa. Sabor de suave para médio, queima regular e cinza consistente. Vale a pena experimentar por conta deste toque adocicado. Nota: 8.70

Tatuaje Reserva Cojonu 2012 Habanos
Charuto box pressed que apresentou toques de cacau no segundo terço, bastante equilibrado e sabor de médio a forte. Nota: 8.70

Don Blend Divo San Andrés
Na bitola Gran Toro este charuto tem miolo com tabaco da Republica Dominicana, Nicarágua e Honduras, a capa é de tabaco negro San Andres do México. Construção um pouco mais apertada, sabor de médio a forte, um toque picantes no inicio e capa com um toque adocicado.  Nota: 8.60

Don Diego Euro Robusto
Uma boa opção de charuto para quem está iniciando. Bem suave, queima regular com cinza compacta. Não apresentou variação entre os 3 terços. Nota: 8.50

Don Blend Petit Maduro
Charuto Hondurenho que chega agora ao mercado nesta versão curta. Capa escura, boa construção e cinza branca. Bem aromático com fluxo agradável, sabor leve e ideal para uma fumada rápida pela manhã. Nota: 8.50

Don Fernando Nicaragua Boss Maduro
Nova linha de charutos Don Fernando com tabaco de 3 anos, construção e cinza muito boas, vale a pena experimentar. Nota: 8.50

El Rey del Mundo Choix Supreme
Primeiro charuto da marca a ser importado para o Brasil. Formato Robusto com sabor de suave-medio a médio. A queima do primeiro terço foi regular melhorando no segundo e terceiro terço. A construção estava um pouco solta apesar do charuto apresentar um box pressed que não é comum na marca. Nota: 8.50

Flor De La Vega Bravos (Toro) Double Capa Ed. Ltda
Charuto com duas capas de coloração diferentes (não informa as variedades). Vale pela curiosidade. Boa construção e queima. Nota: 8.50

My Father Don Pepin Garcia Original Exquisitos
Charuto produzido pela My Father Cigars em homenagem ao fundador da marca. Todos charutos da linha são muito bons em especial o Lanceros. O Exquisitos que em espanhol significa exótico é um bom formato para começar com boa construção, fluxo correto e sabor de médio a forte. Nota: 8.50

La Aurora ADN Dominicano Robusto
Boa queima com cinza regular e um toque picante no terceiro terço do charuto. Nota: 8.50

Arturo Fuente Chateau
Este charuto é um dos clássicos produzido pela Arturo Furnte. Muito bem construído com alguns veios salientes na folha de capa, cinza clara e sabor de suave para médio com notas cremosas e queima regular. Nota: 8.50

Flor De La Vega  Únicos Ed. Ltda. 2019
Charuto curto (11cm)  e diâmetro de 2,4 cm. Opçao interessante para quem tem pouco tempo. Primeiro e segundo terço muito bons com cinza consistente e fluxo médio (nem apertado, nem solto). No último terço a queima ficou um pouco comprometida. Nota: 8.50

Flor De Las Antillas Maduro Petit Robusto
Produzido pela My Father na Nicarágua este charuto tem miolo e capote nicaraguense mas não informa de onde é a capa Maduro. Leve picancia com notas de chocolate amargo, madeira e couro. Nota: 8.50

Balmoral Anejo XO Oscuro Rothschild Masivo
Boa construção, queima regular e cinza consistente. A mistura de tabacos de diversas nacionalidades deu um bom equilíbrio ao blend. Nota: 8.50

Macanudo Inspirado White Robusto
Produzido em Honduras o Macanudo Inspirado White Robusto é uma boa opção para quem quer começar a conhecer esta linha de charutos. Queima uniforme com cinza consistente e sabor de suave a médio. Nota: 8.50

Tatuaje Fausto FT153
Uma boa opção para quem gosta de charutos mais encorpados. Queima regular e cinza consistente. Nota: 8.50

El Rey del Mundo Demi Tasse
De sabor suave é uma ótima opção para acompanhar um café. Fluxo e queima regular. Nota: 8.50

Leon Robusto Corojo
Bom charuto produzido em Honduras que tem capa Corojo da Nicarágua. Boa queima e cinza uniforme, fortaleza média com um bom custo benefício. Nota: 8.50

Diogenes Puentes Atrevidas By Condesa
Boa construção e queima regular, cinza consistente e bem balanceado. Uma boa opção para quem está começando a apreciar charutos. Nota: 8.50

Romeu e Julieta Maravillas
Edição comemorativa do horoscopo chinês dedicada ao ano do rato. Tem o mesmo formato do Montecristo 520 que foi Edição Limitada de 2012. Não senti diferença no blend dos demais charutos da linha. A queima foi irregular o que incomodou um pouco a degustação. Nota: 8.50

Partagas De Luxe Tubos
Capa cor castanho e fluxo muito bom, charuto que recomendo para quem está entrando no universo dos charutos cubanos pois tem um bom custo x benefício além do tubo de alumínio que ajuda no transporte e conservação. Nota: 8.40

Hoyo de Monterrey Palmas Extras
Clássico da marca Hoyo de Monterrey que tem um ótimo custo beneficio. Tamanho Corona ideal para o dia a dia. Queima e fluxo dentro do esperado. Nota: 8.30

Tatuaje Tattoo Caballero Robusto
Tatuaje Tattoo Caballero Robusto Charuto de entrada na linha dos charutos Tatuaje, Queima regular  apesar de ter que corrigir a queima por duas vezes. Nota: 8.30

Perceverancia Premium Robusto Maduro
Apesar da capa apresentar manchas a queima foi uniforme e regular. Sabor médio a forte. Nota: 8.20

Bucanero's Gold Reserva 52 Red
Um dos novos formatos da linha Gold produzido em Cruz das Almas, interior da Bahia. Apresentou um bom fluxo mas a queima foi um pouco irregular. Nota: 8.20

Esperanza Mi Abuelo
Charuto produzido na Nicarágua com sabor de suave a médio. Fluxo muito bom e queima regular (por anéis). O primeiro e segundo terço são bastante suaves e o terceiro terço ganha um pouco mais de complexidade. Nota: 8.20

Perceverancia Premium Robusto
Boa opção para quem está começando. Suave com bom fluxo e cinza uniforme. Nota: 8.00

Alec Bradley Prensado Lost ART Robusto
Charuto com boa construção, fluxo bom, cinza uniforme e evolução entre os três terços. Nota: 8.00

GR Specials Red Robusto
Boa queima, fluxo regular, bastante suave tem um bom custo benefício. Nota: 8.00

Le Cigar Besuki Wrapper Lonsdale Rope
O diferencial deste charuto é a trança de tabaco que envolve toda sua capa. Não senti diferença sensorial durante as baforadas. Nota: 8.00

Don Blend Robusto Sommelier
Queima irregular apesar do fluxo estar correto (nem apertado, nem solto demais). Depois do primeiro terço tive que corrigir acendendo o charuto algumas vezes. Nota: 8.00

Esperanza Canonazo
Charuto produzido na Nicarágua com sabor de suave a médio. Fluxo muito bom e queima regular (por anéis). O primeiro e segundo terço são bastante suaves e o terceiro terço ganha um pouco mais de complexidade. Nota: 8.00

Diogenes Puentes Premium Patricias Cappuccino
Um dos menores charutos nacionais a venda no mercado. Tiro curto que pode ser uma boa opção para um café. O charuto que provei estava um pouco apertado demais o que dificultou um pouco o fluxo. Nota: 7.80

Jose L. Piedra Cazadores
Charuto cubano mais rustico elaborado com short filler. Construção regular bom fluxo no primeiro e segundo terço. Na parte final apresentou problemas de queima. Nota: 7.50

Quintero Favoritos
Marca de entrada no mundo dos cubanos para quem está começando e não quer gastar muito. Queima e fluxo regular, charuto honesto que entrega o preço que vale. Nota: 7.50

Don Fernando Cuban Sandwich
Proposta mais popular do produtor com queima regular e fluxo normal. Uma opção mais em conta para quem está começando. Nota: 7.50

Los 3 Catedraticos Magnifico Maduro (Canonazo)
Um novo produto que entra na linha de charutos Los 3 Catedraticos. Uma boa opção para quem quer um sabor um pouco mais encorpado comparando com o restante da linha. O charuto que avaliei começou bem com queima regular e cinza consistente mas do segundo para o terceiro terço a capa estorou e comprometeu o restante da degustação. Vou experimentar um outro charuto desta linha para ver como será o resultado final. Nota: 7.50




     
  Charutos.com - Copyright © 2022

Sobre o Site

Anuncie Conosco
Notícias
Blog


Não Encontrou seu Charuto?
Envie- nos um email.